Blog da Crédito Folha

Empréstimo com Desconto em Folha – Como posso ter acesso a este crédito?

O empréstimo com desconto em folha é uma linha de crédito pessoal cada vez mais popular no país. Um dos principais atrativos é a taxa de juros bem inferior às taxas dos empréstimos pessoais, por exemplo. No entanto, muitos trabalhadores ainda possuem dúvidas sobre como usufruir desse tipo de empréstimo. É o que vamos explicar agora.

O crédito consignado privado é oferecido por bancos e financeiras. O valor das parcelas é descontado diretamente da folha de pagamento do cliente, uma comodidade para ambas as partes.

Como posso conseguir um empréstimo com desconto em folha?

Para contratar o empréstimo com desconto em folha, é preciso estar trabalhando em alguma empresa com carteira assinada há pelo menos seis meses.

Ademais, a empresa precisa ter convênio com alguma instituição financeira para oferecer esse benefício. Aposentados do INSS, funcionários públicos e militares das Forças Armadas também podem contratar o serviço.

Os juros são realmente mais baratos?

Há uma explicação para os juros do empréstimo com desconto em folha serem mais baratos e atrativos: como o valor é deduzido direto da folha, há uma garantia maior que o pagamento será efetuado.

Isto porque o valor do empréstimo nesta modalidade não pode ser superior a 30% da renda do cliente, ou seja, não há possibilidade de abusar de casos exorbitantes. E mesmo em raros casos de “calote”, a empresa do referido trabalhador não sofrerá qualquer impacto da dívida.

Os juros do crédito consignado privado são estimados pelo Banco Central em uma média de 2,5%. É uma taxa irrisória comparada aos juros do empréstimo pessoal (três vezes maior) e mais ainda se comparada a do cartão de crédito e cheque especial. Para aposentados e pensionistas, o teto é de 2,08% ao mês, enquanto para servidores públicos é de 2,05% mensais.

E em casos de nome sujo ou demissão?

Bancos e instituições financeiras normalmente não fazem restrição que levem em consideração uma pesquisa ao SPC e Serasa, mas cada um tem sua própria política de crédito. Como dito anteriormente, o salário e o teto do empréstimo são as “garantias” que o valor será pago, isto é, que o risco de inadimplência é praticamente zero.

No entanto, trabalhadores temem o risco da inadimplência em caso de demissão durante o prazo de pagamento. É importante observar no contrato junto à referida instituição financeira como é o procedimento para este tipo de caso.

Normalmente, há uma renegociação à parte ou a instituição pode recolher uma parte da rescisão suficiente para a quitação da dívida. No caso de aposentados e servidores públicos, a estabilidade de seus cargos normalmente zera este risco.

Mesmo com todas essas garantias, é fundamental que o trabalhador tenha consciência ao solicitar um empréstimo. Cabe lembrar que mais de 60 milhões de brasileiros fecharam o ano de 2017 endividados. De toda forma, imprevistos normalmente acontecem. E se o empréstimo realmente é uma necessidade, não há dúvidas de que o empréstimo com desconto em folha é a melhor solução.

Seja nosso parceiro

Sua empresa ainda não oferece empréstimo com desconto em folha? Cadastre-se agora mesmo em nosso site. Entre em contato conosco para conhecer as soluções da Crédito Folha para o seu negócio.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.